Buscar

7 tendências de marketing para ser destaque na Área da Saúde

Atualizado: 15 de jun.

Existem várias pesquisas e relatórios com as principais tendências de consumo para o ano, mas você sabe quais tendências sempre aparecem nas listas de marketing para aplicar na área da saúde?



Separamos algumas listadas pela Euromonitor nos últimos anos. Continue a leitura para descobrir quais são e como se destacar com elas na sua instituição!


Como surgem as tendências e quando usar na saúde?


As tendências refletem o tempo em que vivemos e vão muito além dos vídeos virais ou compartilhamento de memes nas redes sociais. Trata-se de uma inclinação em massa para fazer algo, comprar um produto ou adquirir um serviço. Como consequência, várias pessoas replicam o que os outros estão comprando e gostando.


Algumas dessas tendências passam e outras permanecem, mas todo ano somos atingidos (parcialmente ou totalmente) por novos assuntos do momento - sejam voltados para tecnologia, música, moda ou mesmo área da saúde (nicho de estética, por exemplo).


A verdade é que não precisamos seguir as tendências como uma regra pré-definida para o sucesso, mas é válido acompanhá-las, a fim de entender como o consumidor pensa, para assim criar estratégias que elevem sua experiência no dia a dia.


Nesse sentido, separamos algumas tendências que vieram pra ficar e têm sido mencionadas nos últimos anos em pesquisas da empresa Euromonitor. Quer saber quais são? É só continuar a leitura para conferir!


Tendência 1: Realidade Figital


O ambiente físico tem se conectado cada vez mais o digital, sendo impossível evitar a tendência da "Realidade Figital", que junta o melhor desses ambientes. Na área da saúde já sabemos que os equipamentos tecnológicos têm papel fundamental no ambiente físico, seja para organização de informações ou tratamento de pacientes, mas nem sempre os profissionais da área sabem aplicar o digital e físico a seu favor, certo?


Por isso, além da presença nas redes sociais, é importante que sua instituição dê valor para um ambiente físico de qualidade, que conte com apoio tecnológico de ponta, não esqueça de organizar bem as consultas nos sistemas e manter o diferencial no atendimento de pacientes..


Os equipamentos modernos e sistemas avançados, responsáveis por facilitar a conversa entre seu paciente e você (ou instituição) apresentam um diferencial que, quando mostrado nas redes sociais, despertam atenção das pessoas.


As pessoas gostam de ser atendidas em unidades de saúde que se importam com cada um, que estão por dentro das novidades e que as fazem sentir mais seguras nesses locais. Também gostam de ter uma resposta rápida e saber que um procedimento pode demorar menos tempo ou terá maior probabilidade de sucesso devido a utilização de certos equipamentos tecnológicos da sua instituição.


E para entender o que os pacientes querem, duas boas opções são:

  • Aplicar o VOC (Voice of Customer) para entender seu público;

  • Aplicar uma Pesquisa NPS, para saber o nível de satisfação do seu público.


Quanto ao VOC, temos um vídeo em que falamos sobre:



Tendência 2: Consumidores com Plano B


As pessoas estão optando por investir em serviços mais econômicos ou alternativos, seja por consequência financeira, da pós-pandemia, ou mesmo porque suas prioridades mudaram nos últimos anos.


Sobre esta tendência a Euromonitor afirma que:


Diante dos desafios de assegurar seus produtos ou serviços habituais/desejados, os consumidores da tendência 'Sempre com um Plano B' estão procurando maneiras de comprar itens similares ou mesmo de encontrar soluções criativas alternativas para atender suas demandas.

E como isso se aplica na área da saúde?


As pessoas estão dispostas a pagar por serviços mais baratos, mas isso não significa que deixaram de prezar pela qualidade. Um modo de destacar seus serviços é ressaltando os diferenciais do seu negócio ou ainda, criando estratégias de bonificação aos clientes.


Nas clínicas de estética, por exemplo, vale diversificar sua esteira de serviços, tendo opções alternativas e criativas para as pessoas que não visam investir no serviço premium da instituição.


Combos e brindes são boas alternativas e que se destacam na hora de analisar o melhor Plano B - pode ser uma amostra do produto X; 10 min a mais de um serviço; um desconto de 10% na próxima consulta (ou indicação), etc.


Caberá aos profissionais encantarem o cliente, buscando que voltem no local e se planejem para investir no serviço top de linha do local.


Tendência 3: a "obsessão" por segurança


Com a pandemia, as pessoas passaram a se preocupar mais com locais seguros. Não apenas a segurança para evitar vírus, através de álcool em gel, máscaras, esterilização e regras de distanciamento. Estamos falando de segurança para evitar acidentes e erros também.


Na área da saúde é necessário considerar as 6 Metas Internacionais de Segurança do Paciente. Para ter certeza que sua instituição terá pequenos índices de falhas e acidentes, a melhor opção é buscar os certificados ONA de Acreditação Hospitalar, além de considerar a metodologia Lean para tornar sua unidade de saúde mais segura, livre de desperdícios.


Tendência 4: Otimização do Tempo


O tempo de espera do paciente pode ser um problema na área da saúde e, assim como o paciente não gosta de esperar, sua equipe também não gosta de demorar na execução de atividades que poderiam demorar menos tempo.


Para otimizar o tempo na sua unidade de saúde, vale mapear bem os processos, aplicar a Matriz GUT, Matriz de Einsenhower, dentre outras ferramentas.


Tendência 5: Os novos espaços de trabalho


Você está valorizando sua equipe? A pandemia mostrou que o home-office dá certo e veio para ficar. Assim como houveram avanços na telemedicina, os profissionais da saúde também perceberam que têm capacidade para trabalhar em diferentes locais.


Nem todo trabalho requer o contato direto com o paciente, no ambiente físico. Portanto, o trabalho híbrido ou online pode ser considerado um diferencial na contratação de talentos para sua instituição.


Tendência 6: A tendência do Movimento Metaverso


Além da realidade figital, muitas empresas vêm apostando na gamificação. Desse modo, fazem com que a equipe sinta motivada em realizar tarefas, pois irão ganhar incentivos no decorrer dos meses.


As empresas também têm investido nas experiências imersivas. As novas tecnologias têm auxiliado o tratamento de pacientes e são percebidas como um item que agrega valor, com opções de consultas por realidade virtual, equipamentos com visões 3D e muito mais. É sempre bom ficar de olho no movimento digital.


Tendência 7: Tendência da busca pelo amor próprio


Cada vez mais estamos prezando pelo autocuidado, tanto do corpo como da mente. Para auxiliar nessa busca, os profissionais da saúde podem oferecer dicas e serviços voltados para melhoria da saúde mental, estética e muito mais!


Dica:


Se você busca seguir as tendências para melhorar sua instituição de saúde, nossa dica é: conheça a Metodologia Lean! Trata-se de um método que irá te ensinar a reduzir desperdícios e gerar valor para os pacientes.


Para saber mais, basta baixar nosso E-book sobre Lean Six Sigma:



38 visualizações0 comentário