Buscar

Metodologia FCA: aprenda o que é e como fazer na área da saúde!

As palavras Fato, Causa e Ação te remetem a algo? Tratam-se de três etapas importantes na Metodologia FCA - voltada especificamente para identificação e resolução de problemas, sendo aplicável tanto na área da saúde como outros nichos.


Para saber o que é ou como aplicar o FCA na saúde, continue a leitura!


Introdução


No âmbito empresarial é preciso unir o simples ao eficaz, essa é a fórmula da produtividade. E quando falamos em métodos e ferramentas para auxiliar no trabalho, uma coisa é certa: os gestores vêm usando cada vez mais o FCA para solução de problemas e para o fim de realizar uma rápida tomada de decisão.


Mas quem pode aplicar esta metodologia, tem regra? Se você já trabalha com planos de ação usando o método 5W2H, ou se já utilizou o 5 Porquês para análise da causa raiz dos problemas, você não terá dificuldade em utilizar o Método FCA.


E acredite, você vai desejar ter conhecido esse método antes!


O que é FCA então? Entenda!


Estamos nos referindo a uma metodologia que consiste em descrever, analisar e agir. Iremos Descrever o FATO, analisar a CAUSA e gerar uma AÇÃO.


É um método de fácil aplicação, utilizado para identificação de causa raiz dos problemas quando obtém-se um resultado não esperado de algum indicador.


No vídeo abaixo é explicado sobre a relação dos problemas e indicadores, além de abordar o momento em que podemos optar pelo FCA na saúde:



Quando aplicar este método?


A princípio, poderá ser aplicado para análise dos mais diversos tipos de problemas. Aqui no blog já mencionamos algumas ferramentas que podem auxiliar durante a resolução de problemas, como o Ciclo PDCA, Método DMAIC e outros.


No entanto, quando se trata do FCA, o mais comum é utilizá-lo quando não é alcançado o valor ideal ou mínimo de um indicador do processo. Esses indicadores podem ser:

  • Tempo porta médico;

  • Tempo do giro de leito;

  • Notificação de eventos adversos;

  • Aumento do turnover;

  • Erros de dispensação de medicamentos;

  • Número de glosas, etc.

No vídeo abaixo relembramos o conceito do que é um indicador:


Apesar do FCA ter sido rotulado como um método de resolução de problemas, entendemos que ele é mais que isso: é um método de identificação de causa raiz. Aqui na Dorsal, inclusive, sugerimos o uso do FCA não somente quando o indicador não atinge a meta, mas também quando ele supera (demais) uma meta.


Exemplo: se você tinha a meta de reduzir em 10% os erros de dispensação de medicamentos e após sua análise, você concluiu que foi reduzido 50%, será preciso investigar por que o resultado alcançado foi tão além do esperado.


Algumas perguntas devem ser feitas durante esta investigação, tais como: o problema foi no dimensionamento do ganho? A equipe está subnotificando os erros? Havia erro no indicador histórico? O banco de dados não era confiável? Ou o banco do dados não é mais confiável?


No geral, existem várias possibilidades e possíveis causas para ter obtido um valor tão acima do esperado, que mesmo sendo um resultado bom, deve ser investigado. E é aí que o método FCA entra em ação, então veja como aplicá-lo no tópico a seguir!


Passo-a-passo da Metodologia FCA


Agora é o momento de te ensinar sobre o que se referem as três etapas deste método, vamos lá? Separamos três subtópicos com exemplos reais para você entender como fazer na prática.


ETAPA 1: Fato


O FATO é o problema identificado, o desvio do indicador. Aqui devemos descrever o tamanho do desvio do indicador, lembrando que pode ser para mais ou para menos e o mais comum é analisar o não atingimento da meta do indicador.


Exemplo: se os gestores estão percebendo um aumento no percentual de glosas do plano de saúde X, o fato seria: aumento de 15% nas glosas do plano X.


ETAPA 2: Causa


Levantamento do conjunto de causas que levaram à ocorrência do fato. Neste caso utiliza-se os 5 Porquês afim de encontrar a causa raiz do processo e o porquê de não ter atingido a meta.


Aplicando os 5 Porquês é possível aprofundar na análise, conhecer melhor o fato e suas particularidades - ou seja, as fraquezas do processo - e uma vez identificadas poderão ser eliminadas do processo ou seu nível de ameaça, de impacto pode ser reduzido.


Dica: um bom mapeamento de processos ou do fluxo de valor irá te auxiliar a eliminar gargalos e potenciais riscos na sua unidade de saúde.


ETAPA 3: Ação


Após analisar a causa e identificar o que provavelmente é a causa raiz, o bom senso nos diz que devemos fazer algo com isso. Nesse caso, devemos gerar pelo menos uma ação que atue na causa raiz para a resolução do problema. Esta ação deverá vir acompanhada de um responsável e prazos, sendo uma versão minimalista do 5W2H.


Preparamos para você uma Planilha de Análise com o Método FCA, faça o download gratuito da planilha clicando aqui:

Análise com Método FCA
.xlsx
Download XLSX • 47KB

Vantagens do FCA na saúde


Agora que você já sabe do que se trata esta metodologia, assim como as etapas Fato, Causa e Ação, separamos as vantagens que poderá obter ao aplicar o método. São elas:


  1. Otimização do tempo na resolução de problemas semelhantes que venham a surgir, desde que seja mantido um histórico bem documentado das análises.

  2. Fortalecimento da cultura de excelência operacional, além da qualidade e segurança do paciente.

  3. Auxilia no planejamento estratégico e aumenta as chances dos objetivos da empresa serem atingidos, possibilitando uma mudança de curso e redefinição da estratégia.

  4. Através do plano de ação, evita que as ações fiquem soltas e o controle se perca durante a execução, gerando o mesmo problema (ou um novo).

  5. Promove a cultura de prevenção de riscos e redução de desperdícios. Esta cultura faz parte dos 14 princípios do sistema Toyota, criadora da Filosofia Lean.

  6. Sua simplicidade permite que seja utilizada por profissionais de todos os níveis desde que entendam do processo que está sendo analisado.

Já sabia de todos esses benefícios? Agora não dá para esquecer!


Dica Final


Pra aproveitar que estamos difundindo conhecimento por aqui, iremos disponibilizar nosso E-Book Gratuito sobre a Filosofia Lean na área da saúde.


Para quem não sabe, o Lean difunde o "pensamento enxuto" - que visa agregar valor nas instituições, solucionar problemas e reduzir desperdícios por meio de ferramentas como o Kaizen, FCA e PDCA e muito mais! Baixe agora, basta clicar na imagem abaixo:



E se você gostou do artigo, o que acha de compartilhar com os amigos nas redes sociais?

108 visualizações0 comentário