Buscar

Como aumentar a produtividade em uma instituição de saúde

Atualizado: 24 de mar. de 2021

Falar de produtividade em uma instituição de saúde pode parecer um assunto complexo. Mas nesse post vamos explicar como esse assunto está relacionado diretamente com a profissionalização da gestão.


Estudo realizado pela PwC sobre o “Mercado de serviços de saúde no Brasil” mostra que o segmento de saúde é complexo, assimétrico, fragmentado e com forte envolvimento governamental. Para piorar o cenário, hospitais e clínicas carecem de tecnologia e gestão para prestarem um serviço de melhor qualidade ao paciente. Estão longe de alcançarem a máxima produtividade.


As instituições de saúde, públicas, privadas ou as sem fins lucrativos, têm uma longa lista de lacunas. Questões como redução de custos, revisão de processos, melhorias em sistemas de informações gerenciais, treinamento de equipes médicas e administrativas e atualização de equipamentos são comumente encontradas nestes estabelecimentos.

E um dos caminhos para alcançar a produtividade é a profissionalização da gestão.


Nos últimos 20 anos, a Gestão em Saúde tem passado por profundas transformações e mudanças de paradigmas, com vistas à profissionalização de seus processos e à efetividade de seus resultados.


Em contrapartida, alcançar a produtividade máxima exige algumas etapas. Uma delas é o planejamento estratégico, que é o processo de elaboração da estratégia de uma organização e definição de como ela pode ser alcançada. A empresa reconhece a sua situação atual e faz uma projeção de futuro. E, com uma visão de longo prazo, a instituição prevê mudanças que ajudam na diferenciação do negócio.


O planejamento estratégico funciona como um guia. A organização constrói um consenso e, assim, consegue planejar as rotas até o destino definido. Se qualquer situação de desafio/obstáculo aparecer no caminho desse planejamento, se tornará necessário desviar e rever as rotas que foram definidas.


Na Dorsal, estruturamos todo o planejamento estratégico da organização, definindo objetivos para o mapa estratégico que são direcionados pela governança e participação de gestores dos processos estratégicos para a organização. Em seguida, estruturamos o BSC (Balanced ScoreCard) para definição dos indicadores e, por meio dele, os projetos e indicadores que deverão ser pensados para alcance dos objetivos estratégicos definidos.


Esse é um passo importante, mas é apenas uma etapa. Veja, abaixo, outras medidas que o gestor precisa tomar para conseguir ter produtividade efetiva.

Seu hospital está enxuto?

A indústria há muito tempo trabalha com o conceito de produção enxuta, mas isso é possível em saúde? Nesta área, produção enxuta compõe um sistema de gestão que visa à eliminação total das perdas, que não impactem em agregação de valor e qualidade percebida pelo paciente.


As perdas consistem em atividades que consomem recursos (8 desperdícios lean da saúde), geram custos e não adicionam valor ao atendimento e, por conseguinte, nem ao paciente. Podendo esse conceito ser aplicado a vários tipos de serviços.


A baixa qualidade dos serviços de saúde, a ineficiência hospitalar e a necessidade de uma gestão mais efetiva sobre os recursos fizeram com que alguns métodos e ferramentas classicamente da manufatura fossem incorporados para a área de saúde.


O lean healthcare é o termo para produção enxuta em saúde. É um sistema de gestão focado na eliminação de desperdícios e na criação de valor para todos os stakeholders. Portanto, visa melhorar o desempenho institucional e a competitividade dessas organizações.


Buscar um padrão e reduzir a variabilidade artificial são ações possíveis que trarão eficiência e segurança. Além disso, está concretamente vinculado à performance da instituição. É um valioso diferencial competitivo.

Nós podemos ajudar!


A Dorsal Gestão em Saúde ministra o curso Lean Six Sigma em dois dias, com a formação White e Yellow, e Greenbelt, que é um curso mais extenso, mas com foco em gestão de saúde.


In company (formação White e Yellow): estruturamos todo o curso de acordo com a maturidade da instituição e após diagnóstico situacional. Utilizamos ferramentas que apoiem a organização a gerir o conhecimento que durante o curso será conquistado. Neste formato, possibilitamos que a instituição coloque em sala de aula profissionais que estão envolvidos no beira leito e que com aquisição de conhecimento tornam-se agregadores de valor ao cuidado centrado na pessoa.


Formação Yellowbelt: o curso tem foco em profissionais de saúde, trazendo métodos de ensino que possibilitem a melhor absorção da equipe. Com o objetivo de agregar valor ao conhecimento das pessoas, o curso é construído de maneira bem dinâmica, possibilitando a participação de todos durante o processo ensino-aprendizagem, maximizando o aprendizado com a troca de experiências entre os participantes de diversas instituições.

Conheça os tipos de gestão que trabalhamos na Dorsal:


Qualidade – Estruturamos todo o escritório de gestão da qualidade e segurança do paciente na instituição, desde a construção de políticas institucionais, ferramentas de gestão da qualidade, protocolos de segurança do paciente e clínicos, times estratégicos para estruturação do cuidado até preparando para acreditações e/ou selos de qualidade nacionais e internacionais.

Processos - Utilizando métodos consolidados, como Lean, Six Sigma e PDCA/SDCA, mapeamos os processo críticos e agimos para redução de desperdícios e uso racional de recursos, agregando valor ao seu produto/serviço, sempre focando na excelência operacional.

Financeira - Gerimos a sustentabilidade financeira, englobando, desde implementação de relatórios gerenciais, gestão orçamentária, gestão de custos até análises robustas de controladoria empresarial para tomada de decisão mais assertiva com foco na redução de custos e/ou alavancagem do negócio.

Plena - Assumimos a gestão interina da empresa, com ações voltadas para a gestão de crises, gestão de mudança, promovendo melhorias de curto, médio e longo prazo para reestruturação de toda organização e/ou alavancagem do negócio.


#dorsalgestao


46 visualizações0 comentário